agosto sao paulo

20160722_133409
convençao de são paulo com raphael e diego sanches e pedro faria
20160723_142225

 

20160723_152415os dois irmaos tatuando lado a lado
flor
pedro
`
felu visitou paris, e a primeira vez que deu de cara com a torre eiffel, ficou chorando, chorando, chorando.

não é a primeira vez que participo duma convenção de tatuagem mas me deixa um tanto decepcionada pela sua agressividade, na estrutura, na recepção dos artistas, o formato de feira popular que não me parece valorizar o nosso trabalho nem a facilitar a interação com o publico.  jà começamos a sonhar com uma convenção que iriamos ter honra em participar : uma que so teria trabalhos autorais, se reunindo para abrir com um shiatsu para tudo mundo focar e esquentar o corpo. musica meditativa, comida orgânica, e tudo mundo pelado para ver as obras prontas sem se complicar com as elaboradas roupas-com-burraco que vejo em todas convenções. nada de competição, nada dessas horrorosas competições de miss tattoo.

perder uma ocasião de nos encontrar e tatuar com a luz? jamas!
nos quedamos no lindo apartamento de drica. frente a este cemitério, me despido do meu tio pierrot.
20160727_103859-1
mais agulhas, agulhas novas : minha primeira sessão de acupuntura
pantera, ou como ter o seu animal de poder no seu apartamento

 

perguntas para se apaixonar por qualquer um : terapia de grupo intensiva de cinco horas para completar tudo.
sorprendemos o nosso amigo rogério levando mais uma femia querendo aprender a fazer maquina de tatuar no seu ateliê. é uma peregrinagem que esquenta o coração, de ver que ele ainda gosta tanto de nos receber e nos transmitir os seus aprendizados quanto nos ficamos de entrar mais uma vez no abraço da sua linda familia.

20160725_124520maquina caseira de fazer bobinas


desvirginisação :  agora que ela fez a sua maquina, sophie faz a sua primeira tatuagem, um desses ferrinhos lindos que ela pinta nos muros da cidade, com inscrito neles a genial propaganda feminista “iron man”

a casa de mabbom e lili é um paraiso de colecionador geek maluco, com a pele do mabbom e as paredes da casa cheias de marios, de beavis and butthead, de star wars e mil outros simpsons, pugs, e zombis nos muros de vynils, de dvds e pôsters. eles colecionan também artistas no sofa e no colchão inflavel, raphael o tatuador e hoton o fotografo acampam na sala, e produzem um grande rodizio de tatuagens, photoshoots e jogos de videogames sem fim. no canto onde tatuo lili tem também uma parede de material para encadernação, a ùnica coisa que parece escapar a febre fertil de colecionador são as plantas, numerosas mas sempre mortas.

fotos de mabbom


tirei uma foto porque sei que em dois meses, não vou acreditar mais que aconteceu de verdade : mabbom, que começou a ter barba com doze anos, foi se afeitar a perna e em 2min, tinha 2mm de pelo crecido de novo. boa tarde, wolverine.

bairro chinês de liberdade : comemos sushis e fazemos compras entusiastas de tiger balm, oleos e roupas baratas, entre gente que detesta sair de compras
chego em territorio cubano, na casa de demis e alicia

que tem um quintal maravilhoso onde passamos a maior parte dos dias, por mais que esta frio. demis me conta o transito dos passaros que vem fazer fila para tomar banho, os mais gordinhos que se arriscam a vir dar uma olhada dentro de casa – e o apetito das formigas que comeram alegremente todas as ervas aromâticas que ele tentou plantar

“uma mão na cabeça!”
“aos amores que não vivemos, e aos que ainda estamos por viver”
uma fogueira sem fogo, deixada a pegar umidade para o almoço das minhocas e o jantar dos passarinhos
20160808_095825

20160802_172103

alicia e maira estão criando uma coleção infantil especial para os jogos olimpicos, para ir vender aos turistas em paraty : camisetas com partes que se meixem para fazer entrar a bola no gol, o bondinho do pão de azucar… é fofo demais. quando maira me confessa que ela queria se tatuar uma lontra nas alguas e que eu mostro para ela que desenhei exatamente isso, ela quase caiou da sua cadeira. escuto ela negociar no telefone com o seu filho de dez anos o horario de volta para casa e ela me conta enquanto escutamos caetano cantar “i’m alive” que é a canção que estava tocando quando ela escapou por milagre ser esmagada por um caminhão.
cada ano vivimos paralelos extranhos quando nos cruzamos com alicia… esse ano chegamos a fazer frutificar esse desenho de “20 dias” que pendurei no seu quarto e não se mexeu desde então, as duas estamos trabalhando com o talento que nos faz vibrar e enterramos um tio/uma tia a poucos dias de diferencia…
mabbom
 lili
luz
bruno

maiara

alicia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s